Jerome Vonk

The book of life

abr
06

Entende-se a vida olhando para trás; vive-se a vida olhando para frente.
Søren Kierkegaard

Hoje surpreendi uma escolar espiando para dentro do restaurante onde eu estava, através da grande vidraça que dá para a rua.
Seu olhar passeava de mesa à mesa, cruzou com o meu e rapidamente se escondeu na calçada pela qual ela caminhava.

Pouco depois, passou a turma que presumi ser a dela: os apressados na frente, os que andam juntos colados e rindo à toa, as gostosas metidas à besta logo atrás, seguidas pelos rapazes com o sangue fervendo e, fechando o cortejo, as gordinhas, os feios, os nerds e demais bullyingnados.

Em um relance incontrolado, vi diversos capítulos da minha vida projetados em minha mente.
Começando de quando eu também era adolescente.
Na sequência dos pensamentos, cenas significativas posteriores, tipo melhores (e piores, também) momentos.

Na mesa ao meu lado, um representante de vendas (suposição de minha parte) repassava o que pareciam ser relatórios.
Em outra, três pessoas (provavelmente parentes próximos) discutiam fervorosamente a respeito de uma quarta, obviamente não presente.
Umas três ou quatro vezes, ouvi:
– Ele fez isto? Mesmo?

Em determinado instante, avistei uma senhora cruzando a rua, apoiada em um andador.
A travessia durou uma eternidade na minha imaginação, talvez uns dois minutos se cronometrada, não imagino o quanto para a idosa.

E a ficha caiu, então, lentamente. Eu, leitor voraz, sempre mergulhado em livros, estava lendo a minha história.
Do começo até agora.
Com direito a um preview das futuras cenas e situações.

Isto se o autor não resolver abreviar a história.andador_pop

Sem categoria Comentários desativados em The book of life

Comments

Comments are closed.