Jerome Vonk

Escrita bipolar

abr
08

Nada melhor, para escrever um relato bipolar, do que escrever em dois caderninhos distintos.

Não que isto tenha acontecido de propósito. Simplesmente esqueci o exemplar original no escritório e, quando dei falta dele, peguei o outro (tinha comprado dois).

A primeira frase deste curto texto, portanto, não é verdadeira.
Mas produz um belo efeito.

E, como tudo na vida, acabo recontando a história, de forma a ficar mais bonito na foto.

Comentários desabilitados – por causa do número estratosférico de mensagens spam – mas extremamente bem-vindos: cartas (arroba) ofielcarteiro.net

Sem categoria Comentários desativados em Escrita bipolar

Comments

Comments are closed.